Dissertações e teses 2016

   Dissertação

Título:

 

Significados da prática de jogo de mesa para idodos de Fortaleza-CE

Autor:

Amadeu de Sousa Moura Terceiro

Orientador:

Prof. Dr. José Clerton de Oliveira Martins

Resumo

Este estudo teve como objetivo investigar os significados da prática de jogo de mesa para idosos de Fortaleza-CE. Partiu-se da premissa de que a velhice deve ser marcada pela tentativa de preencher o tempo de maneira mais enriquecida, no qual o jogo se insere como cultura e atividade praticada pelo idoso durante o seu tempo livre. Para esta investigação, foram entrevistados idosos jogadores e frequentadores da Praça Argentina Castelo Branco no Bairro de Fátima em Fortaleza-CE. O enfoque etnográfico abordado durante o percurso metodológico qualitativo deu suporte a um acompanhamento junto ao grupo de idosos que praticam atividades de jogo da referida praça, onde se observou a rotina dos participantes e seus comportamentos com o intuito de descrever e compreender os significados da prática de jogo de mesa atribuídos por estes. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram: (a) observação participante e (b) entrevista em profundidade. Para as análises dos dados utilizou-se do relato etnográfico elaborado, além do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) para o agrupamento de categorias, onde três instrumentos de análise do material (IAD-1, IAD-2 e IAD-3) foram gerados facilitando os processos de análise. Os resultados mostram que os significados atribuídos pelos idosos a sua prática de jogo dizem respeito a passar o tempo, momento de lazer para sociabilizar-se e satisfação; além disso, a prática de jogo surge como um costume, descontração e ludicidade. Com isso, infere-se que os significados atribuídos pelos idosos à prática de jogo de mesa são diversos, confirmando o pressuposto de que há, de fato, uma polissemia de significados possíveis.

Palavras-chave: Jogo. Idoso. Experiência. Fluxo. Lazer.

 

 

Download

 

 

 

   Dissertação

Título:

 

Sobre o tornar-se velho : apreensões a partir de discursos de idosos de Fortaleza-CE

Autor:

Bruno Pontual de Lemos Castro

Orientador:

Prof. Dr. José Clerton de Oliveira Martins

Resumo

O presente trabalho teve por objetivo compreender a construção do tornar-se velho de idosos integrantes da Associação Raízes da Vida, da cidade de Fortaleza - Ce. Para isso foi realizado um estudo de abordagem qualitativa e exploratória de enfoque etnográfico, que utilizou como instrumentos de coleta de dados a entrevista semiestruturada, a observação participante e o diário de campo. Para o estudo foram selecionados idosos de ambos os sexos, de rendas e escolaridades diversas, participantes da Associação Raízes da Vida. Para a interpretação dos dados foi escolhida a análise do relato etnográfico, com o auxilio da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo, a partir do software DSCsoft, para a formatação das categorias de investigação. A pesquisa apontou para sete categorias teóricas que caracterizam o tornar-se velho, perpassando concepções positivas, negativas e existenciais. Os resultados indicaram dez categorias empíricas: transitoriedade da vida, experiência de vida, saúde, liberação das obrigações sociais, realizar tarefas domésticas, buscar uma conduta ética, práticas de lazer, viagem, família e não sente os estigmas da velhice. Destas categorias empíricas, quatro que possuem uma maior relação com o objetivo proposto foram destacadas: a liberação das obrigações sociais, família, não sente os estigmas da velhice e saúde. Conclui-se como hipótese que o tornar-se velho está relacionado a um maior descobrimento de si frente aos desafios da existência e a busca de uma sabedoria que dê sentido às realizações ao longo da vida.

Palavras-chave: idoso, etnografia, tornar-se velho.

 

 

Download

 

 

 

   Dissertação

Título:

 

Experiências potencializadoras da vida : um estudo a luz da psicologia integral de Ken Wilber

Autora:

Valeria Nogueira de Oliveira

Orientador:

Prof. Dr. José Clerton de Oliveira Martins

Resumo

Em tempos contemporâneos as experiências estão cada vez mais raras. A partir deste contexto, este estudo tem como principal objetivo compreender o que são as experiências potencializadoras da vida. Para atingir estes objetivo elegeu-se o método qualitativo com foco na pesquisa bibliográfica. Foi realizada uma Revisão Sistemática de Literatura nas bases de dado SciELO e Lilacs, onde 17 artigos foram selecionados. Diante dos achados, foram identificadas nove principais áreas temáticas de concentração onde as experiências que potencializam a vida poderiam ser observadas: artes; educação; experiências pessoais; psicologia; religião e espiritualidade; comunidade; saúde; família; trabalho. Após o percurso metodológico e análise dos dados, percebeu-se que as Experiências Potencializadoras da Vida estão para além de um conceito fechado. A compreensão dessas experiências se encaminham para diversas possibilidades, como estar em diferentes áreas da vida; se mostram como representantes de momentos significativos da trajetória de pessoal do sujeito e também parecem atuar como fator importante para o desenvolvimento de consciência.

Palavras-chave:   experiência, potência, contemporaneidade, experiência potencializadora

 

 

Download

 

 

 

  Tese

Título:

Empreendendo-se nos tempos livres da velhice : perspectivas a partir de idosos aposentados e pensionistas de Mossoró-RN

Autora:

Kalyana Cristina Fernandes de Queiroz

Orientador:

Prof. Dr. José Clerton de Oliveira Martins

Resumo

A expectativa de vida do brasileiro aumentou consideravelmente nos últimos anos, fato este que pode resultar na existência de vários homens e mulheres que, quando se aposentam, ainda possuem saúde, experiência e conhecimentos suficientes para permanecerem trabalhando e executando atividades produtivas e criativas. Estes dados revelam que pessoas que se dedicaram por anos aos seus trabalhos estão hoje aposentadas ou em processo de aposentadoria. A partir disso, surgiu um questionamento: como os idosos empreendem-se a partir da sua condição temporal de aposentados e pensionistas? Esse se empreende na possibilidade de usufruto do seu tempo livre e das suas potencialidades na sua condição temporal de idoso aposentado. Para tanto, os objetivos dessa tesa foram: Objetivo Geral - Investigar o ato de empreender-se como uma experiência potencializadora de vida na velhice. Os objetivos específicos: identificar a compreensão dos idosos sobre os seus empreendimentos na velhice; identificar experiências empreendedoras na aposentadoria; analisar as estimulações que conduziram os sujeitos pesquisados a empreenderem negócios na velhice, potencializando talentos pessoais; e localizar possíveis características empreendedoras nas experiências dos sujeitos. No percurso investigativo, de abordagem qualitativa e caráter exploratório e descritivo, articulam-se enfoque etnográfico, entrevistas semiestruturadas, Teste de Associação Livre de Palavras ¿ TALP, questionário sobre a autoavaliação do espírito empreendedor e diários de campo e observação participantes com 22 sujeitos. Os dados foram analisados utilizando-se a técnica do Discurso de Sujeito Coletivo ¿ DSC e da Análise de Conteúdo proposta por Bardin (1977). Os resultados demonstraram que para os participantes da pesquisa empreender na aposentadoria é alternativa viável, possibilitando sentimento de utilidade e trazendo diversos benefícios, tanto à saúde física, como à saúde mental, distanciando, dessa forma, o aparecimento de quadros de demências, perda de memória, solidão, tédio e sentimentos de inutilidade. É possível perceber relação com o ócio construtivo e estético. Alguns traços e práticas empreendedoras foram percebidos, tais como: ter disciplina e dedicação, persistência em resolver problemas, capacidade para imersão total nas atividades que desenvolve, criatividade e coragem para correr riscos. Conclui-se, portanto, que para estes idosos o trabalho é uma maneira de empreender a si. E eles empreendem a si por meio de vários empreendimentos subjetivos. O empreendimento é de si mesmo, o que convoca as experiências potencializadoras de transformação de vida nestes idosos aposentados e\ou pensionistas 

Palavras Chave: Empreendendo-se, Aposentados, Pensionistas, Tempo Livre

 

Download