XII SEMINÁRIO ÓCIO E CONTEMPORANEIDADE

Tema:

Potencialidades do ócio para a recriação da vida:

Diálogos em Psicologia

Conceito:

XII SEMINÁRIO ÓCIO E CONTEMPORANEIDADE

21 e 22 Novembro de 2019

Local - Universidade de Fortaleza -

Bloco A - Auditório A1 - Hall do Bloco B e

Teatro do Centro Cultural Belchior/SECULTFOR - Praia de Iracema - Fortaleza

 

O Seminário Ócio e Contemporaneidade busca, mais uma vez, proporcionar um espaço rico em debates entre pesquisadores, docentes, discentes e interessados das mais diversas áreas relacionadas aos fenômenos do ócio, dos tempos livres, do trabalho no âmbito das culturas contemporâneas.

Fruto dos investimentos do OTIUM – Grupo de Estudos Multidisciplinares sobre Ócio e Tempo Livre, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (PPGP), o XII Seminário Ócio e Contemporaneidade tem como foco de suas preocupações os debates sobre as experiências de ócio potencializadoras da recriação da vida dos sujeitos contemporâneos, pontuando, dentro deste contexto, as travessias que cada um realiza para o encontro subjetivo consigo mesmo.

Assim, nesta edição o Grupo OTIUM busca enfatizar que sujeitos mobilizadores, capazes de resistir à estrutura paradigmática de uma sociedade pautada nas hegemonias, no utilitarismo e automatismos da existência mecanicista, ganham voz e espaço ao se voltarem para si próprios, aproximando-se de seus projetos existenciais.

Enquanto fenômeno social e subjetivo, este percurso recriador, realizado através de travessias “heroicas” – no sentido mítico do termo –, dialoga com algumas das propostas do saber psicológico nos seus mais diversos âmbitos. Essa premissa parte das atuais investigações sobre as possibilidades subjetivas da experiência do ócio e do que esta pode agregar em seus benefícios. A partir dessas proposições, podemos nos perguntar: como pensar a contribuição dos estudos do ócio, enquanto experiência criadora e potencializadora da vida, para o campo das Psicologias? Ou, ainda, como é possível refletir acerca do fenômeno do ócio à luz do saber e do fazer psicológico na contemporaneidade? Tais questionamentos nos direcionaram para o tema do XII Seminário Ócio e Contemporaneidade, que propõe debates sobre as “Potencialidades do ócio para a recriação da vida: Diálogos em Psicologia”.

O evento conta com a presença de profissionais e pesquisadores de diversos âmbitos dos saberes Psicológicos e de áreas transversais que situam o sujeito e suas experiências recriadoras em contextos investigativos diversos. Assim, lançamos um convite para nossas mesas e rodas de conversa onde falaremos sobre arte, cultura, símbolo, processos de recriação de si e da vida.

                                                                                  

Ass.: A organização.

Programação:

1º DIA (21.11.2019)

Manhã

08:00 horas – Credenciamento

Abertura da Exposição – Simbologia e imaginário

Obras do Artista plástico Dennis

Local - Hall do Bloco B

 

Café de boas-vindas.

 

8h30 - 10h

Mesa de abertura – O Ócio nos estudos da Pós-graduação em Psicologia em Fortaleza- CE

Convidados:

Cássio Braz Aquino (PPGP-UFC)

José Clerton Martins (PPGP-UNIFOR)

Mediação:  Fabiana Neiva Veloso (UNIFOR)

 

10h30 – 12h

Mesa II - Cultura, Arte e Símbolo: percursos e memórias nas narrativas de investigadores da Psicologia Junguiana em Fortaleza-CE

Convidados:

Selene Mazza (UNICHRISTUS)

Filipe Jesuíno (ElPsia ANPEPP)

Maira Maia de Moura (UNIFOR)

Mediação: José Clerton Martins (PPGP/UNIFOR)

 

13h40 (Hall do Bloco A)

Credenciamento

 

14h (Auditório A1)

Ação com o Coral da UNIFOR - Brincar de Cantar

 

15h:00 - 16h:30 (Auditório A)

Mesa III - Diálogos entre Ócio e Análise do Comportamento 

Convidados: 

Fabiana Neiva Veloso Brasileiro (OTIUM/LINAC/UNIFOR)

Antônio Maia Olsen do Vale (UFC)

Mediação: Gustavo Halley (OTIUM/PPGP-UNIFOR)

 

16h:40 – 17H:40 - RODA DE CONVERSA - Novos Projetos na investigação em Psicologia nos temas Ócio, Trabalho, Tempos Livres e suas transversalidades.

Convidados:

Érica Vila Real Montefusco (OTIUM/UNIFOR)

Victor Aderaldo(NUTRA/UFC)

Iratan Saboia(NUTRA/UFC)

Mediação: Zuleika Araújo ( OTIUM/UNIFOR)

 

Coquetel

 

2º DIA (22.11.2019)

 

​Manhã

Exposição Simbologia e Imaginário

Obras do Artista Plástico - Dennis

Hall do Bloco B

 

8h – 9h30 – Mesa IV - (Auditório A1)

Psicologia e Literatura – a experiência literária e o acesso ao mundo

Convidados:

Dauana Vale (OTIUM-PPGP/UNIFOR)

Ângela Vasconcelos (UNI7)

Mediação: Marlo Lopes (OTIUM/PPGP/UNIFOR)

 

9h40 – 10:30 h

Unifor - (Auditório A1) 

RODA DE CONVERSA - Psicologia do Envelhecimento e Ócio – a experiência de idosos frequentadores de Centro dia.

Convidados:

Paula Pamplona (Clube Viva/OTIUM/UNIFOR)

Idosos do Centro Dia Viva

Mediação Gustavo Halley – (OTIUM- PPGP/UNIFOR)

 

10h:40 – 12h

Mesa V - (Auditório A1)

Psicologia Junguiana: formação e experiência clínica em Fortaleza-CE.

Convidados:

Júlio Guedes (UFC)

João Vicente Menescal (IPREDE)

Rita De Cássia Rebouças Rodrigues

( CAPS-Icapuí)

Mediação – José Clerton Martins (UNIFOR)

 

Tarde

14h:30 (CENTRO CULTURAL BELCHIOR/Prefeitura Municipal de Fortaleza)

Visita à exposição Belchior

hall principal do Centro Cultural

 

15h :00 às 17h:20

Espetáculo – Graça

Direção Andrea Bardawil

Performance-Bailarina Graça Martins

 

Diálogo aberto com os presentes sobre: sensibilidades em resistências ou sobre as narrativas que um corpo carrega.

Convidados/comentadores:

Leônia Teixeira (PPGP/UNIFOR)

Heráclito Aragão-Instituto Dédalus

Tancredo Lobo (URCA)

 

17h:30 Lançamento de livros

(Varanda Superior do Centro Cultural Belchior – Praia de Iracema)

No envelhecer experimente viver - José Clerton Martins/Lisieux Rocha

Introdução a Psicologia Junguiana – Heráclito Aragão

Da Paideia a escola contemporânea – Fabiana Veloso/Jose Clerton Martins/Grace Troccoli

 

Coquetel de encerramento

Participantes:

Andréa Bardawil Campos

É coreógrafa e diretora da Companhia da Arte Andanças desde 1991, em Fortaleza. Foi uma das fundadoras do ALPENDRE – Casa de Arte, Pesquisa e Produção, onde desenvolveu pesquisas e projetos colaborativos, entre 1999 e 2012. Em 2009 participou do Rumos Itaú Cultural Dança, ao lado de Graça Martins, com o projeto Graça.  Atuou como curadora e coordenadora pedagógica de vários eventos pelo Brasil, como a Bienal Internacional de Dança do Ceará, a Bienal Internacional de Santos/SP e Festival de Dança de Joinville. Atualmente é professora do Curso Técnico em Dança (Porto Iracema das Artes/Instituto Dragão do Mar), nos módulos de História da Dança, Improvisação e Composição Coreográfica; participa do projeto Perto dos Corações Selvagens, idealizado pela jornalista Izabel Gurgel, que consta de cursos livres em torno da obra de Clarice Lispector; e dedica-se a desenvolver  e sistematizar uma abordagem em dança estruturando duas vertentes, a artística e a terapêutica, denominada A Construção Poética do Visível. Junto com a companhia, realiza a circulação dos espetáculos Devoração e Graça, e dedica-se à remontagem do espetáculo O Tempo da Paixão ou O Desejo é um Lago Azul, como parte do projeto Andanças 30 anos. Lançado em maio/19, o projeto Andanças 30 anos conta com a parceria da jornalista Izabel Gurgel, constituindo-se numa série de ações (rodas de conversa, encontros temáticos e apresentações, dentre outras), realizadas no período de 2019 e 2020, culminando com o lançamento de uma plataforma-arquivo virtual sobre companhia e sua trajetória, em 2021. O espetáculo O Tempo da Paixão ou O Desejo é um Lago Azul reestréia no Museu de Arte Contemporânea/MAC, integrando a programação da Bienal Internacional de Dança do Ceará, em outubro/2019, quinze anos após sua primeira apresentação. 

Ângela Teresa Nogueira de Vasconcelos

Mestre em Psicologia pela UNIFOR. Graduada em Psicologia e Fisioterapia pela UNIFOR. Psicóloga clínica sob o referencial psicanalítico, atende adolescentes e adultos em clínica particular. Estuda temas relacionados a clínica psicanalítica; educação; adolescência/juventude; envelhecimento; herança psíquica e constituição subjetiva; psicanálise e literatura.

Antônio Maia Olsen do Vale

Antonio Maia Olsen do Vale é Psicólogo (CRP 11/1878) atuando na área de Análise do Comportamento. Concluiu o mestrado em Saúde Pública pela Universidade Federal do Ceará em 2002. Concluiu a especialização em Saúde Mental pela Universidade Estadual do Ceará em 2001. Atua como professor do Curso de Psicologia da Universidade Federal do Ceará. Experiência como Terapeuta Analítico-Comportamental em clínica particular.

 

Carlos Victor Leal Aderaldo

Doutorando em psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Mestre em Administração de Empresas pela Universidade de Fortaleza (Unifor) com dupla titulação obtida na Hochschule de Deggendorf na Alemanha (2013). Possui MBA em Gestão de Pessoas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) (2011) e é graduado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2009). Atualmente trabalha como professor na Unifor no curso de graduação em psicologia e em cursos de pós-graduação na Unifor e na Unichristus. Exerce atividade como consultor organizacional em psicologia organizacional e do trabalho e atua como psicólogo clínico. Atualmente faz parte do laboratório NUTRA e pesquisa trabalho, tempo social e sofrimento psíquico no trabalho.

 

Cassio Adriano Braz de Aquino

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (1989), graduação em Administração pela Universidade de Fortaleza (1986), mestrado em Psicologia - Universidad Complutense de Madrid (2000), mestrado em Administração pela Universidade Federal da Paraíba (1994) e doutorado em Psicologia Social - Universidad Complutense de Madrid (2003). Realizou instância Pós-doutoral na Universidad Complutense de Madrid entre 2008 e 2009. Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Ceará, onde presidiu a Comissão de Direitos Humanos entre agosto de 2016 e maio de 2017. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Trabalho e Organizacional, atuando principalmente nos seguintes temas: trabalho, precarização, psicologia social do trabalho, tempo e precarização laboral.

 

Dauana Vale Cavalcante

Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2013). Graduação em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2005). É membro do OTIUM - Laboratório de estudos sobre ócio, trabalho e tempo livre, ligado ao Programa de Pós-graduação em Psicologia da Unifor (Universidade de Fortaleza).

 

Érica Vila Real Montefusco

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (2009), com especialização em Neuropsicologia e em Saúde do Idoso pelo Centro Universitário Christus - Unichristus (2014) e mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (2013). Trabalhou como professora substituta do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Ceará - UFC e como professora do Curso de Psicologia da Fanor DeVry Ceará. Trabalhou no Instituto de Psiquiatria do Ceará e no Hospital Infantil Albert Sabin. Integrou a equipe multidisciplinar do Centro Integrado de Tratamento da Obesidade. É psicóloga (CRP 11/05658), atua com avaliação neuropsicológica de adultos e terapia cognitivo-comportamental.

 

Fabiana Neiva Veloso Brasileiro

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (1999) e em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2005). Especialista em Psicologia da Educação pela PUC-MG (2001). Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2005). Doutora em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2015). Professora da Universidade de Fortaleza, supervisora clínica do Serviço de Psicologia Aplicada da UNIFOR, membro do Laboratório OTIUM, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza, e do Grupo de Trabalho (GT) Ócio, Tempo Livre e Trabalho da ANPEPP.

 

Francisco Valdênio Costa de Sousa (Dennis)

Nasceu em Fortaleza em 01 de outubro de 1979, desde pequeno  já desenhava em seus cadernos da escola, mas sua primeira tela só foi pintada aos 22 anos. Dennis, como é conhecido, é  pintor autodidata e há muito vem se descobrindo um pintor surrealista - é o que dizem sobre seu estilo. Na realidade, suas influências chegam de muitos movimentos: do Barroco, do Impressionismo, do Expressionismo e do Modernismo. Dennis, a partir de seu movimento possível e com muito esforço, enfrenta o mundo descuidado com a arte, numa cidade como a Fortaleza dos abandonados e dos sem direitos. As telas de Dennis já forma expostas no espaço do Centro Cultural Belchior, no Museu do Comércio.

 

Filipe de Menezes Jesuíno

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (2004), mestrado em Psicologia (2008) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará. Atua como psicólogo clínico e supervisor de psicoterapia. Docente da Faculdade Pitágoras. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Intervenção Terapêutica, atuando principalmente nos seguintes temas: Psicologia Analítica, Psicologia Clínica, Literatura e Psicologia da Cultura.

 

Graça Martins

Graduada em Letras / UECE – com enfoque em Lingua e Cultura Hispânica. Bailarina, atriz, coreógrafa, fundadora/diretora do Grupo de Dança Tablado. Foi presidente da Associação de Bailarinos, Coreógrafos e Professores de Dança do Ceará (Prodança). Gerente da Célula de Patrimônio Cultural da Secultfor.

 

Grace Troccoli Vitorino

Possui graduação em Letras - Português/Inglês pela Universidade Estadual do Ceará (1986), mestrado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (1994) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2002). Atualmente é professora titular da Universidade de Fortaleza e conselheira do Conselho Municipal de Educação - Fortaleza. Coordena o Programa de Avaliação Institucional Interna da Unifor. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação e Avaliação, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação, Psicologia, Família, Corpo, Leitura, Literatura, Audiovisual, Pesquisa e Avaliação.

 

Gustavo Fonseca Halley

Mestrado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2017-2019). Graduado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2015). Membro do Laboratório de estudos sobre Ócio, Trabalho e Tempo Livre da Unifor, pertencente ao Programa de Pós-graduação em Psicologia (PPGPsi) da Universidade de Fortaleza. Colaborador do projeto de pesquisa, cadastrado no CNPq, intitulado: "Recriando-se nas temporalidades livres da velhice: um estudo sobre experiências potencializadoras da vida com idosos do nordeste brasileiro". Investiga sobre os seguintes temas: atividade física; contemporaneidade; ócio, lazer, tempo Livre e envelhecimento.

 

Heráclito Aragão Pinheiro

Graduado em História pela Universidade Federal do Ceará (2006). É mestre em psicologia pela Universidade Federal do Ceará (2009). Romancista, ensaísta e contista. Tem experiência na área de História e Psicologia, com ênfase em Historiografia e Epistemologia das Psicologias, atuando principalmente nos seguintes temas: História das Ciências, História do Conhecimento, História da Psicologia História das religiões, mitologia comparada, quadrinhos e cultura pop, Epistemologia, Psicanálise Freudiana e Psicologia Analítica. Coordena a Pós-graduação em Psicologia Junguiana da faculdade RATIO, professor do curso de Psicologia da Faculdade Ateneu e diretor do Instituto Dédalus.

 

Iratan Bezerra de Sabóia

Possui graduação em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2002), Especialização pela Universidade Vale do Acaraú (2006) e Mestrado pela Universidade Federal do Ceará (2007). Professor da Universidade Federal do Ceará atuando nas áreas de Psicologia do Trabalho e das Organizações, Metodologia Científica, Ensino da Pesquisa e Teorias Psicológicas; com ênfase em Fatores Humanos no Trabalho, nos temas: sociedade, temporalidade, trabalho, tempo livre, tempo do ócio e sofrimento psíquico

 

João Vicente Menescal de Oliveira

Possui graduação em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (1989) e aperfeiçoamento em Programa de Formação em Promoção do Desenvolvimento Infantil pela Universidade de São Paulo (2015). Atualmente é psicólogo do Instituto da Primeira Infância. É mestre em Epidemiologia (SP), atuando no IPREDE.

José Clerton de Oliveira Martins

Doutor e Mestre em Psicologia pela Universitat de Barcelona/UB (Catalunya/Espanha). Pós-doutorado (CAPES) em Ócio e Desenvolvimento Humano realizado na Universidad de Deusto/UD (País Basco/Espanha). Pós-doutorado em Estudos Culturais realizado na Universidade de Aveiro (Portugal). Possui Formação em Dinâmica Energética do Psiquismo (IPCDEP-SP) e Psicologia Integrativa (CDH). Professor Catedrático Visitante (2012/2013) do Doutorado em Estudos Culturais das Universidades de Aveiro e do Minho (Foundation Calouste Gulbenkian/Portugal). Coordena o OTIUM/Grupo de Estudos Multidisciplinares sobre Ócio e Tempo Livre do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza, onde é Professor Titular. Bolsista do Programa de Produtividade em Pesquisa do CNPq/Brasil. É Sócio-fundador da Asociación Iberoamericana de Estudios de Ocio/OTIUM, da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Estudos do Lazer/ANPEL e membro da Sociedade de Estudos e Pesquisa Qualitativos/SE&PQ. Colabora em Programas de Pós-graduação no Brasil, Espanha, Portugal e América Latina. Coordenador do GT ANPPEP – Ócio, Tempo Livre e Trabalho (2012/2016).

 

José Tancredo Lobo

Doutor em Educação (UFC, 2010). Possui graduação em Letras pela UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI (1989), bacharel em Direito pela URCA (1994), especialização em Administração Escolar pela UECE (1995), especialização em Literatura Brasileira (PUC-Minas Gerais - 1989) e mestrado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2003). Formação em Biodança (Escola de Biodança do Ceará e IBF - International Biocentric Foundation - 2010). Professor adjunto da Universidade Regional do Cariri. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em administração escolar, psicologia da educação e currículo. Cursando Psicologia (FATECI - 2015) e Formação em Gestalt-Terapia (Centro Gestáltico de Fortaleza - 2013 a 2015).

 

Júlio Cledson de Oliveira Guedes

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (2003) e mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (2013). Foi docente na Faculdade de Tecnologia Intensiva, FATECI de 09/2013 a 12/2016 e Professor Orientador de TCC na Escola de Saúde Pública do Ceará (2013-2014). Trabalhou como Psicólogo do CAPS na Prefeitura Municipal de Icapuí de 2008 a 2011. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia aplicada à saúde mental, atuando principalmente nos seguintes temas: psicologia, psicologia social, psicologia comunitária, psicologia da saúde e psicoterapia.

 

Leônia Cavalcante Teixeira

Possui Licenciatura em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (1988), Graduação em Formação de Psicólogo pela Universidade de Fortaleza (1989), Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (1994-CAPES) e Doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em co-tutela com a Universidade Paris Nord - Paris 13 (2001-CAPES) e Estágio Pós-Doutoral em Psicologia (CAPES) na Universidade Aberta de Lisboa. Atualmente é professora Titular Tempo Integral da Universidade de Fortaleza, lecionando no Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Doutorado e Mestrado) e na Graduação em Psicologia, além de ser responsável por disciplinas em cursos de Especialização. É coordenadora do Laboratório de Estudos Sobre Psicanálise Cultura e Subjetividade (LAEPCUS), vinculado ao PPG em Psicologia da UNIFOR. É membro do Grupo de Trabalho da ANPEPP "Psicanálise, política e clínica”, do Coletivo Amarrações - Psicanálise e políticas com juventudes e do Movimento Cada Vida Importa: a universidade na prevenção e enfrentamento da violência no Ceará.

 

Maíra Maia de Moura

Doutora em Educação – UFC, Mestre em Políticas Públicas e Sociedade pela Universidade Estadual do Ceará (2013). Possui graduação em História e Geografia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (2005), graduação em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2008) e  em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (2001). Especialização em metodologia do Ensino Fundamental e Médio pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (2002). Especialização em Educação para Recuperação de Dependentes Químicos pela Universidade Estadual do Ceará (2006). Atualmente é professora da Universidade de Fortaleza.

 

Marlo Renan Rocha Lopes

Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza-Unifor (2016-2018). Graduado em Psicologia pela Unifor (2016). Pesquisador do Laboratório de Estudos sobre Ócio, Trabalho e Tempo Livre (Otium), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Unifor desde 2012. Colaborador do projeto de pesquisa cadastrado no CNPq intitulado "Recriando-se nas temporalidades livres da velhice: um estudo sobre experiências potencializadoras da vida com idosos do nordeste brasileiro", do Laboratório Otium. Possui trabalhos publicados no âmbito nacional e no exterior sobre os temas Ócio, Experiência de Ócio, Lazer, Trabalho e Tempo Livre na sociedade contemporânea.

 

Paula Pamplona Costa Lima

Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza - Unifor (2016-2018). Bolsista FEQ (Fundação Edison Queiroz - 2016-2018). Psicóloga pela Universidade de Fortaleza (2015.2). Membro do Grupo de Estudos Multidisciplinares sobre Ócio e Tempo Livre (OTIUM/CNPq) do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Unifor.

Rita De Cássia Rebouças Rodrigues

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará - UFC (1995); Mestrado em Saúde Pública, do Curso de Medicina da UFC; especialização em Gestão em Saúde pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - ENSP/FIOCRUZ (2010); especialização em Avaliação Psicológica pela UFC/CETREDE (2008). Psicóloga na Prefeitura Municipal de Icapuí - Ce desde 2005, atualmente integrante da equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). É consultora na Empresa Índice Consultores Associados, realizando seleção de pessoal e atuando no Programa de Desenvolvimento de Novos Líderes, desde 2015. Dedica-se a pesquisa e atuação nos seguintes temas: Saúde Pública e Saúde Mental, Autismo e Inclusão, Educação Permanente, Álcool e Outras Drogas e Psicologia da Saúde.

Selene Regina Mazza

É Doutora em Ciências pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, na Área de Concentração: Saúde, ciclos de vida e sociedade, Linha de Pesquisa: Ciências sociais, saúde pública e questões contemporâneas. É graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (1989). Tem especialização em Psicologia Junguiana pela Universidade de Ribeirão Preto/IBEHE (1997) e mestrado em Saúde Pública pela Universidade Estadual do Ceará (2002). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia da saúde atuando principalmente nos seguintes temas: psicologia social, saúde pública, saúde mental e psicoterapia junguiana.

Tiago de Oliveira Magalhães

Possui doutorado em Filosofia (2017), com tese sobre normatividade e seguimento de regra, mestrado em Filosofia (2010), com dissertação sobre a Filosofia da Psicologia de Wittgenstein, e graduação em Psicologia (2007), todos os títulos concedidos pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente é professor do Centro Universitário Unicatólica de Quixadá, onde coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Análise do Comportamento (GEPAC), e da Faculdade Ari de Sá, onde coordena o Laboratório de Psicologia Experimental (LAPEX). Atua principalmente nos seguintes temas: criatividade, custo da resposta, correspondências crosmodais, educação, filosofia da linguagem, filosofia da ação, análise experimental do comportamento e behaviorismo radical.

Zuleika Araújo de Souza

Doutoranda em Psicologia - Universidade de Fortaleza - UNIFOR, Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza-UNIFOR, membro efetiva do Otium - Laboratório de estudos sobre Ócio, Trabalho e Tempo Livre; Especialista em Psicologia do Esporte, Especialista em Gestão de Pessoas- UFC, Psicóloga pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR. Investiga sobre esporte, saúde, psicologia, ócio, tempo livre. Membro da comissão de Psicologia do Esporte no CRP. Professora de pós-graduação. Experiência na área de Desenvolvimento Humano, psicologia do esporte.