NOSSOS LIVROS

Alguns dos estudos desenvolvidos pelos membros do Laboratório Otium também são publicados como livro. Muitos desses trabalhos são resultados de teses, dissertações e compilações de artigos científicos.
Confira os nossos últimos lançamentos na lista abaixo!

Desertos & Travessias:

Uma imersão no silêncio

 

Neste livro, Berta Lúcia nos coloca a reflexão profunda que ronda a humanidade desde os primórdios do registro do pensamento humano: sem conhecermos a nós mesmos, não encontraremos nosso lugar no mundo. Nesta contemporaneidade de autômatos e repetidores dos discursos hegemônicos, como reelaborar as imediatices consumistas e encontrar o tempo do silêncio do sujeito consigo mesmo?

A obra é fruto de uma dissertação realizada no Laboratório Otium, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza.

No envelhecer, experimente viver!

 

Reunimos neste livro investigadores do envelhecer e das experiências na contemporaneidade. Cientes da relevância de refletir e pesquisar sobre o envelhecer nas trilhas do desenvolvimento humano, as investigações se voltaram para possibilidades experienciais que os sujeitos elegeram por empreender em suas temporalidades livres. O envelhecer, então, em suas histórias particulares, quando visa reverter momentos do vivido em experiências, favorece uma visão integral da vida, alargando horizontes do vir a ser que move a existência.

 

A obra é composta por pequenos ensaios e estudos empíricos.

Envelhecer:

Tempo de (re)criar a vida

 

Sabe-se que o fenômeno do envelhecimento integra um contexto histórico, experiencial e subjetivo, além de estar notadamente demarcado pelo ambiente cultural no qual o sujeito se insere. Reunindo pesquisas do Laboratório Otium e textos de especialistas preocupados em valorizar o discurso qualitativo do sujeito que envelhece, o objetivo deste livro é propor um debate sobre o que os idosos de hoje dizem sobre seu processo de envelhecimento diante das exigências e possibilidades do mundo contemporâneo.
 

A obra é composta por pequenos ensaios e estudos empíricos.

Sentido do tempo, sentido do ócio, sentidos para o viver

 

Este livro, de cunho interpretativo,  vai ao encontro das investigações mais recentes sobre a experiência de ócio como busca criadora, que torna possível a reconstituição de um ser humano mais sereno na nossa contemporaneidade consumista, apressada e líquida. A obra sublinha que, em função do diagnóstico dos tempos atuais, torna-se crucial a valorização do ócio, o que implica uma experiência desacelerada do tempo e a desconstrução da tirania da ideologia utilitária e consumista.

A obra é fruto de uma tese realizada no Laboratório Otium, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza.

O tempo inhamuns

 

Este livro nos leva a um contato profundo com o tempo de cinco sertanejos do sertão dos Inhamuns. Foram dias e noites em que a autora esteve mergulhada em um cotidiano de surpresas, trazendo-nos, com a riqueza do relato etnográfico, a percepção de pessoas que estão em profundo contato com o tempo da natureza e das coisas de longe da cidade grande. 

A obra é fruto de uma dissertação realizada no Laboratório Otium, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza.

Do ócio: Debates no contexto cultural contemporâneo

 

Este livro reúne investigadores lusitanos e portugueses que discutem a questão do tempo objetivo e subjetivo. Essas duas dimensões de tempo, que já se apresentavam como um problema para os sujeitos modernos, tornou-se, para nós (pós-modernos), mais do que uma agonia: revelou-se como uma questão trágica. O que o leitor encontrará neste livro é, assim, uma amostra desse caloroso debate.

A obra é composta por pequenos ensaios e estudos empíricos.

O ócio nas culturas 

contemporâneas

Atravessados por um tema que demanda refletir sobre os mecanismos da vida social, caracterizar as grandes categorias e dinâmicas das sociedades modernas tardias e interrogar sobre o sentido de um cotidiano diluído nas correrias do consumo e do trabalho, os artigos que compõem este livro propõem pontos de vista que convidam a repensar o mundo em que vivemos e proporcionam uma meditação sobre o significado das nossas práticas, cada vez mais afastadas de um pensamento integral e não instrumental.

A obra é composta por pequenos ensaios e estudos empíricos.

Ócio para viver no século XXI

 

Este livro apresenta questões e propostas relativas à situação do ócio no século XXI, procurando aportar ao leitor de língua portuguesa alguns pontos de encontro entre o exercício de um ócio considerado digno e uma cidadania responsável, adaptada aos novos tempos. Os treze autores que escrevem os quinze capítulos refletem sobre diferentes possibilidades para se viver um ócio diferente em uma época que começa agora. Cada um deles procurou desenvolver um ponto de vista diferente e, ao mesmo tempo, complementar.

A obra é composta por pequenos ensaios e estudos empíricos.